Comprar casa pode ser mais barato que arrendar

comprar-casa-aveiro

Há quem diga que, hoje em dia, pedir um crédito ao banco para comprar casa própria sai mais em conta do que arrendar um imóvel.

Fizemos as contas: 
Os juros cobrados pelos bancos estão baixos e, mesmo com o preço por metro quadrado a subir, comprar casa própria é opção para cada vez mais portugueses. Há várias razões a atrair as famílias para a aquisição de habitação, especialmente a escassez de opções oferecidas pelo mercado de arrendamento – especialmente nas grandes cidades.

Mas será que comprar casa pode sair mais em conta do que arrendar habitação?
Dinheiro Vivo e o Compara Já fizeram as contas e saiba, desde já, que pode realmente sair mais barato comprar casa. A resposta obviamente depende da região do país e do banco.
Tomemos o caso do João e da Teresa, um jovem casal em união de facto, que procura um T2 no centro da cidade. Fixemos nos 80 metros quadrados.
Para o financiamento do apartamento, com um prazo a 30 anos, estimou-se uma atribuíção de 80% do valor do imóvel. Foram ainda realizadas simulações em 14 bancos para apurar o valor das prestações mensais médias, assim como as despesas iniciais e anuais associadas à compra de casa em várias localidades do País: Lisboa, Porto, Braga, Setúbal, Funchal, Coimbra, Faro e Ponta Delgada. Nos encargos associados à opção de compra de casa também foram contabilizados os custos com o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e as despesas com o condomínio – foi assumida uma anuidade de 500 euros em todos os concelhos -, valores que foram diluídos nas mensalidades.
Quais as opções da Teresa e do João? Tanto ao nível da compra como do arrendamento, as opções variam muito consoante a zona do País. Em Lisboa, sem surpresa, encontram-se as mensalidaes médias mais elevadas: se o casal optasse por comprar casa teria de suportar 1204 euros por mês com encargos do crédito à habitação, condomínio e IMI mensalizados; arrendar teria um custo médio de 1119 euros. A diferença é de 8% acima para o mercado da compra e venda. Igual a Lisboa, em que os custos do arrendamento ainda são mais favoráveis do que os da compra só mesmo em Faro. Na capital do Algarve, 61 euros separam a compra do arrendamento, neste cenário. A prestação de crédito, com condomínio e IMI mensalizados ficaria a 499 euros por mês, enquanto arrendar não seria mais do que 438 euros. “Apesar de arrendar casa nos concelhos de Lisboa e Faro significar gastar menos ao final do mês, a verdade é que ainda assim a compra se afirma como a solução mais apelativa”, lembra Sérgio Pereira, diretor-geral do ComparaJá. E explica: “Mesmo que o casal invista a diferença acumulada a cada mês ao longo dos trinta anos num produto financeiro com uma rendibilidade alta, o total amealhado no final será sempre muito inferior ao valor da casa adquirida, um enorme ativo que ficará a ser sua propriedade”.

in Dinheiro Vivo

Conheça os imóveis disponíveis para compra em Aveiro a partir de 55.000€

apartamentos-baratos-aveiro

Há quem diga que, hoje em dia, pedir um crédito ao banco para comprar casa própria sai mais em conta…

Deixe uma resposta